Estudo de viabilidade de determinação de espectros de energia de feixes de fótons para radioterapia usando um detector de pixels

Marcos Guilherme Vieira, Franciole Marinho, Sandra Amato, Erica Polycarpo

Resumo


O conhecimento do espectro de energia produzido por um acelerador linear é fundamental para estudos que envolvam a determinação de doses nos tecidos irradiados e o planejamento detalhado de tratamentos. Uma das formas típicas de obtenção do espectro incidente no tecido irradiado é através da simulação detalhada da geometria do equipamento, porém, esta geometria frequentemente não é totalmente conhecida. O objetivo deste trabalho é verificar a viabilidade de uma técnica alternativa para obtenção de espectros na faixa de 0 a 6 MeV. Nessa técnica, o espectro incidente é reconstruído a partir da deconvolução do espectro de energia depositada em um detector de silício com uma função resposta conhecida. Essa função resposta foi obtida através da simulação da incidência de fótons em um detector híbrido de pixels de silício. Variando-se parâmetros do método como número de fótons incidentes para o espectro de energia depositada e a dimensão e número de fótons da matriz resposta, foi possível avaliar como estes influenciam na qualidade do espectro reconstruído. Foi estimado um tempo de exposição de cerca de 2,5 h para uma implementação experimental do método em um acelerador clínico.

Palavras-chave


função resposta; espectro de energia; Monte Carlo; detector de pixels

Texto completo:

PDF

Referências


Thwaites, D., & Tuohy, J. Back to the future: The history and development of the clinical linear accelerator. Phys. Med. Biol. 2006; 51(13), R343-R362.

Chang-Ming Ma. Monte Carlo modelling of electron beams from medical accelerators. Phys. Med. Biol. 1999; 44(12), R157-R189.

Michel, Talla, Firsching, Durst, Böhnel, & Anton. Reconstruction of X-ray spectra with the energy sensitive photon counting detector Medipix2. Nucl. Instr. Meth. Phys. Res. A. 2009; 598(2), 510-514.

Geant4 - A Simulation Toolkit, S. Agostinelli et al., Nucl. Instr. Meth. A. 2003; 506 250-303.

Rene Brun and Fons Rademakers, ROOT - An Object Oriented Data Analysis Framework, Proceedings AIHENP'96 Workshop, Lausanne, Nucl. Instr. Meth. Phys. Res. A. Sep. 1996; 389 81-86.

Marinho, & Akiba. A GEANT4 based simulation for pixelated X-ray hybrid detectors. Nucl. Instr. Meth. Phys. Res. A. 2015; 772, 50-51.

Guennebaud, Gaël, et al. "Eigen v3." 2010; 202.




DOI: http://dx.doi.org/10.29384/rbfm.2018.v12.n3.p21-25

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Física Médica

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia